quinta-feira

Filho de ex-vice-governador vai a julgamento por tentativa de homicídio nesta quinta-feira

Thanner Yasberck Asfora, de 32 anos, filho do ex-vice-governador da Paraíba, Raimundo Asfora, vai a julgamento às 14h desta quinta-feira, dia 29, no Tribunal do Júri Popular de João Pessoa. Ele é acusado de tentativas de homicídios contra Luiz Fabiano Mendonça Oliveira e José Maria Fabiano de Farias fatos ocorridos na noite de 1º de agosto de 2004, em João Pessoa.
Preso durante a Operação Jaguar da Polícia Federal, realizada em junho de 2005, Thanner Asfora foi condenado ao cumprimento de 14 anos de prisão em regime fechado por tráfico de drogas. “Ele é uma séria ameaça à sociedade e por isso, mantenho a sentença em sua totalidade”, declarou o desembargador Raphael Carneiro Arnaud, relator do processo, em 2007.
Depois da condenação, Thanner Asfora foi transferido para o Presídio Federal de Porto Velho(RO) onde cumpre pena. Ele chegou em João Pessoa na manhã desta quinta-feira, dia 29, e está recolhido em um presídio da capital. O pedido da presença do detento foi solicitado pelo juiz Marcos William de Oliveira, titular do 1º Tribunal do Júri Popular de João Pessoa, que irá presidir o julgamento em atendimento a uma solicitação do advogado de defesa.
Conforme denúncia oferecida pelo representante do Ministério Público da Paraíba (MPPB), Thanner Yasberck Asfora juntamente com Felipe Macedo Lacerda, conhecido por "Cuscuz", invadiram a residência onde as vítimas estavam, às 19h do dia 1º de agosto de 2004, no bairro dos Expedicionários, na capital e efetuaram vários disparos contra Luiz Fabiano e José Maria.
A tentativa de homicídio teria sido motivada por um desentendimento entre Thanner Asfora e Luiz Fabiano por conta de uma dívida de R$1.600. A acusação será feita pelo promotor de justiça Edjacir Luna e a defesa será patrocinada pelo advogado Sneyner Asfora, irmão do acusado.

Da Redação com O Norte

Além dos Bancos, Correios e Receita Estadual, educação e saúde também ameaçam greve

 
Os servidores da edução irão promove uma marcha na sexta-feira, dia 7
A Paraíba deixará de arrecadar recursos a partir da próxima semana. É que na quarta-feira, dia 5, os trabalhadores do Fisco Estadual entram em greve por tempo indeterminado. Por conta de outra greve, a dos bancários, o Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (TRT) suspendeu a contagem de prazos de processos cujo andamento necessite dos bancos. E para a greve dos Correios não atrasar o serviço, as intimações serão entregues por oficiais de justiça. Além do Fisco, os movimentos acenam em outros setores da rede estadual. Os servidores da educação fazem mobilização na sexta, dia 7. Amanhã, a saúde define se também vai parar as atividades.
Desde a última terça-feira, dia 27, a greve dos bancários já começou atingindo 80% da categoria. A sinalização, a partir de agora, é de que o movimento ganhe força. O presidente do Sindicato dos Bancários, Marcos Henriques, disse que nenhuma agência está aberta na Grande João Pessoa, Sertão, Cariri, Brejo. "Estamos abertos ao diálogo, dispostos a discutir, mas enquanto não houver uma nova proposta, não retornaremos", disse.
Além do reajuste salarial de 12,8%, que corresponde à inflação do período mais aumento real de 5%, os bancários reivindicam piso igual ao salário mínimo do Dieese: R$ 2.297,51 (em junho); Participação nos Lucros e Rendimentos (PLR): três salários mais R$ 4.500 sem desconto dos programas próprios de renda variável; Plano de Cargos e Salários (PCS) em todos os bancos; gratificação semestral de 1,5 salário para todos os bancários; contratação da remuneração total dos bancários; vale-refeição, cesta alimentação, 13ª cesta e auxílio creche/babá iguais ao salário mínimo (R$ 545); auxílio educação para todos os bancários; previdência complementar para todos os bancários.
Outro serviço que permanece parado é o dos Correios. "A greve continua forte em todo o país", garantiu o secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos da Paraíba (Sintect-PB), Emanoel de Souza. Em todo o estado, 70% da categoria aderiu à greve. Trinta por cento dos 1.480 trabalhadores estão fazendo o serviço emergencial.
As principais reivindicações da categoria são reajuste de 24,73%, que correspondem à reposição da inflação dos últimos anos, além de R$200 de aumento real e piso de R$1.635. Hoje, a categoria realiza assembleia às 15h30, e às 17 horas haverá um ato público em conjunto com os bancários.
Fisco estadual vai parar no dia 5
Enquanto bancários e trabalhadores dos Correios se mobilizam durante a greve, o Fisco Estadual programou o início da paralisação por tempo indeterminado para o dia 5 de outubro. Na Paraíba, todas as coletorias, gerências regionais, recebedorias de renda, postos fiscais vão parar. Cerca de 800 funcionários irão cruzar os braços. O presidente do Sindifisco, Victor Hugo Nascimento, disse que o estado não vai recolher arrecadação. Além disso, o cidadão que precisar de inscrição estadual para abertura de ponto comercial também terá que esperar, assim como quem necessitar de uma certidão negativa para participar de licitações.
O Fisco reivindica mais segurança nos postos da Receita, mas a principal reclamação está relacionada à lei do subsídio. Ela visa os critérios de reajuste no cumprimento de metas. "Ano passado, nós cumprimos essas metas e não recebemos o percentual. Deveria ter sido paga metade em janeiro e a outra em julho, mas até agora não recebemos nada", lamenta.
Na área de saúde, a presidente do Sindsaúde, Wanda Coeli Cavalcanti, afirmou que o movimento das outras categorias é salutar, mas a decisão sobre uma greve da categoria só será tomada nesta sexta, dia 30. "Há uma série de reivindicações que vêm de governos anteriores, mas temos outras possibilidades de pleitear, como a mesa de negociação do SUS", disse.
A sindicalista afirmou que a categoria está tentando debater a pauta e cobrar do gestor direitos não pagos como insalubridade, adicional noturno, piso de R$1.037 para início de carreira. Na programação da próxima semana, está prevista ainda uma marcha estadual realizada pelos servidores da educação. A concentração será às 14 horas, em frente ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Paraíba (Sintep-PB).

Da Redação com Jornal O Norte

Funcionários se negam a abrir banco na Paraíba após dois assaltos

Agência do Banco do Brasil em Taperoá está fechada há um mês.
Funcionários reivindicam segurança e população se diz prejudicada.

Agência do BB em Taperoá foi alvo de tiros (Foto: Reprodução/TV Paraíba) 
Agência do BB em Taperoá foi alvo de tiros
Um mês depois de sofrer o segundo assalto do ano, a agência do Banco do Brasil de Taperoá, município paraibano da região da Borborema, continua de portas fechadas. Depois de terem sido feitos reféns com armas apontadas para a cabeça, os funcionários se negaram a voltar ao trabalho enquanto o policiamento da cidade não fosse reforçado. Para eles, um trauma. Para a população, ficou a dificuldade de acesso ao serviço bancário.
"A gente está prejudicado desde o assalto porque agora temos que viajar cerca de 50km para as cidades mais próximas que têm banco, como Juazeirinho ou Teixeira. Nem os caixas eletrônicos estão funcionando. Reclamamos à ouvidoria do banco, mas não tivemos nosso pedido atendido", diz o cliente Rildo Vanderley.
O prefeito da cidade, Deoclécio Moura Filho, também se manifestou. Segundo ele, até o pagamento dos funcionários públicos está comprometido devido à falta de acesso à agência para que a administração municipal deposite o dinheiro.
Do outro lado, os funcionários reivindicam segurança e dizem que já receberam ameaças de um terceiro assalto na agência. "A agência fechou para reforma, mas depois disso permaneceu o sentimento de insegurança. Tivemos que providenciar apoio psicológico para o nosso corpo de funcionários, mas acreditamos que tudo seja resolvido em breve", informou o assessor de imprensa do Banco do Brasil, Elinaldo Quirino.
O tenente coronel José Ronaldo Diniz Silva, comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar (responsável pela segurança da área), informou ao G1 que o pedido dos funcionários do banco e da população por um reforço na segurança foi atendido por parte do Governo do Estado. "Estamos fazendo um trabalho preventivo com abordagens nas rodovias estaduais e nas entradas da cidade. Esperamos que nem tão cedo aconteça assalto lá de novo", informou.
No sábado (24), o vice-governador Rômulo Gouveia e o secretário estadual de Segurança Pública, Cláudio Lima, estiveram no local inaugurando as instalações do 5º Pelotão de Policiamento. A unidade passou a contar com 28 policiais que se revezam em escalas e ganhou novas armas, fardas e dois carros.
Para o secretário Cláudio Lima, o problema de segurança pública no país não é responsabilidade somente do Governo. "Alguns setores não têm feito sua parte, a exemplo dos bancos, que pouco têm se preocupado com a questão", afirmou. Segundo ele, neste ano foram presos 80 suspeitos de envolvimento em assaltos a bancos na Paraíba.
O assessor de imprensa do Banco do Brasil disse acreditar que a agência volte a funcionar assim que a greve dos bancários terminar. "Não abriu ainda por uma questão técnica. Agora que houve reforço na segurança da cidade com o novo pelotão, estamos prontos para voltar a trabalhar", disse Elinaldo.

Da Redação com  G1 PB

João Pessoa sedia "Mostra Feminino Plural" a partir desta quinta em cinema da Capital

João Pessoa sedia "Mostra Feminino Plural" a partir desta quinta
Começa nesta quinta-feira, 29, em João Pessoa, a "Mostra Feminino Plural" que se estende até o dia seis de outubro. O evento oferece uma semana de filmes dedicada às produções realizadas "através do olhar feminino".
A mostra terá sessão especial hoje a noite, a partir das 19 horas, com exibição dos vídeos de curta metragem que foram premiados no Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo. A mostra acontecerá no CinEspaço, em um shopping na orla de João Pessoa.
A programação terá exibição de quatro curtas hoje a noite , com destaque para "Oferenda" da paraibana Ana Bárbara Ramos. A mostra começa sempre às 19 horas na sala 4.
Confira a programação de 29/09 a 06/10 no Cinespaço João Pessoa (SALA 4) às 19h:
29/09 / Quinta-feira - Abertura

L - SP, 21', 2011
O Mundo de Raul - CUBA, 22', 2010
Museu dos corações partidos - SP, 15', 2010
Oferenda - PB, 17', 2011
30/09 / Sexta-feira - Programa 3

Dez Elefantes - RJ, 14', 2008
Espalhadas Pelo Ar - SP, 15', 2007
Pedra Bruta - SP, 8', 2009
Handebol - RJ, 19', 2010
Carreto - BA, 12', 2009
Um Ramo - SP, 15', 2007

01/10 / Sábado - Programa Fale Sem Medo

O Filme de Jacco - HOLANDA, 17', 2009
Luchadoras - MÉXICO/ESPANHA, 13', 2009
Homem Furioso - NORUEGA, 20', 2009
A Noivinha - POLÔNIA, 14', 2010
Espere Por Mim - MÉXICO, 5', 2010
A Ordem das Coisas - ESPANHA, 19', 2010
02/10 / Domingo - Programa 2

Joyce - SP, 14', 2006
Teresa - SP, 18', 2009
Sexo e Claustro - SP, 13', 2005
Sistema Interno - SP, 17', 2007
Estação - SP, 15', 2010
Sweet Karolynne - PB, 15', 2009
03/10 / Segunda-feira - Programa 1

Olhos de Ressaca - SP, 20', 2009
Visita Íntima - SC, 15', 2005
O Menino e o Bumba - SP, 13', 2007
O Nome Dele (O Clóvis) - RJ, 15', 2004
Duelo Antes da Noite - RJ, 20', 2010
04/10 / Terça-feira - Programa 4

Rio de Mulheres - MG, 20', 2009
Menino Aranha - SP, 13', 2008
Trecho - MG, 16', 2006
Se Meu Pai Fosse de Pedra - RJ, 19', 2009
Geral - RJ, 15', 2010
05/10 / Quarta-feira - Programa 5

As Coisas Que Moram Nas Coisas - SP, 14', 2006
Cocais, a Cidade Reinventada - SP, 15', 2008
Instantâneos - RJ, 15', 2009
Solitário Anônimo - GO, 18', 2007
Muito Além do Chuveiro - RJ, 17', 2008
06/10 / Quinta-feira - SESSÃO SURPRESA

Exibição de curtas que participaram da Mostra Brasil e Panorama Paulista do 22º Festival Internacional de Curtas de São Paulo.

quarta-feira

Garantia de Maranhão sobre escolha do nome de Vené para disputar Governo em 2014 aquece especulações sobre a vice; saiba quem largou na frente

Garantia de Maranhão sobre escolha do nome de Vené para disputar Governo em 2014 aquece especulações sobre a vice; saiba quem largou na frente


Depois que o ex-governador José Maranhão e a cúpula do PMDB estadual deram o aval público para a candidatura do prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), para disputar o Governo do Estado em 2014, às especulações agora miram em torno de quem será o vice do cabeludo. Mesmo faltando três anos para o pleito estadual, a largada da corrida parece que já foi dada e já tem até político correndo na frente.

Até agora, as primeiras cotações apontam para um político que também foi cotado em 2010 para figurar como vice na chapa do PMDB e figurou até mesmo como uma das opções para o Senado Federal. Trata-se do deputado federal mais votado no último pleito, Wellington Roberto, que atualmente é presidente do PR da Paraíba.

Por enquanto o parlamentar não fala sobre o assunto e se reserva apenas a declarar que quer trabalhar para tentar fazer o maior número de prefeitos e vereadores pelo partido nos 223 municípios do Estado. Mesmo com o silêncio, fontes ligadas ao parlamentar afirmam que Wellington vem sendo assediado para conversas reservadas com importantes caciques do grupo.

As conjecturas do PR, no entanto, não miram só em 2014, ela passam ainda pela hereditariedade política na família do parlamentar. A expectativa é que em 2012, outro membro da família Roberto também ingresse em grande estilo na política. Vale salientar que em 2010, o deputado federal conseguiu emplacar o filho, Caio Roberto (PR) em um mandato estadual. 
Da Redação com PB Agora

Bruno Farias chama decisão de Janduhy na CCJ de hermafroditismo político

“O voto nos surpreendeu, por que somos aliados e nos sentimos corresponsáveis pela gestão"

A decisão do deputado Janduhy Carneiro (PPS) de votar com a oposição na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e derrubar o parecer pela constitucionalidade da Medida Provisória que autoriza a pactuação de gestão de serviços essenciais, não desagradou apenas o governo, mas também, membros do seu partido.
O vereador Bruno Farias, criticou, durante entrevista a rádio Nova Tambaú, a postura do colega e classificou como hermafroditismo político a posição do parlamentar de se dizer membro da bancada do governo, e votar com a oposição.
“O voto nos surpreendeu, por que somos aliados e nos sentimos corresponsáveis pela gestão. Não aceitamos hermafroditismo político. A atitude do deputado discrepou da orientação do partido”, declarou o vereador, que é líder do governo na Câmara Municipal de João Pessoa.
Pela manhã, Jandhuy justificou sua decisão e disse que entre o governo e a lei, fica com a lei. “Entre a Cruz Vermelha e a lei, eu fico com a lei. Entre o governo e a lei, eu fico com a lei”.

Da Redação com WSCom

Pensando em 2014: Wellington é apontado como possível vice de Veneziano

Pensando em 2014: Wellington é apontado como possível vice de Veneziano


                                                 Wellington Roberto

Trabalhando para eleger pelo menos 50 prefeitos de sua base, o deputado federal, Wellington Roberto (PR), já é apontado por analistas como um bom nome para compor a chapa do atual prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital (PMDB), em 2014, quando o cabeludo deverá ser candidato a governador.
Para o blogueiro, Dércio Alcântara, teria "musculatura" não só para disputar uma vaga de vice, mas para encarar uma disputa pelo senado Federal.
"Nossa meta é crescer e até o último minuto do prazo continuaremos dialogando com quem desejar para oferecer uma legenda tranquila, sem contendas e de grande credibilidade junto ao eleitorado", disse Wellington, que é presidente estadual do PR.

Da Redação com Click PB

Corpo de padre desaparecido é encontrado com sinais de enforcamento


A Paróquia de Santa Luzia, Sertão da Paraíba, confirmou agora há pouco, que o corpo de padre Jerônimo Leopoldino de Medeiros Neto, 33 anos, foi encontrado com sinais de enforcamento.


Padre Jerônimo

De acordo com informações da secretaria paroquial, o corpo que já apresenta sinais de decomposição foi localizado por populares, em uma arvore, no sítio Vertentes, na região de Santa Luzia. O local está cercado e apenas o padre teve e acesso e reconheceu a vítima.
Conforme informações de moradores, a identificação do cadáver só foi possivel por causa das roupas.
O sumiço do sacerdote ocorreu na última quarta-feira (21), após uma crise depressiva. No domingo (25), cerca de 100 pessoas estavam realizando um mutirão na região para localizar o Padre Jerônimo

Da Redação com Portal Correio

terça-feira

Troca de ambiente gera conflito entre deputados na ALPB

Líder do governo acusa oposição de forçar mudança só para aparecer

















A simples troca de local da realização da Audiência Pública, que iria discutir a transferência da administração da gestão do Hospital de Trauma de João Pessoa para a Cruz Vermelha, gerou um verdadeiro conflito entre os deputados das bancadas de situação e oposição na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (27). O clima ficou tão tenso, que o líder do Governo, Hervázio Bezerra, chegou a 'atacar' o companheiro de bancada, Janduhy Carneiro (PPS), insinuando que o presidente da CCJ foi 'irresponsável'.

O impasse teve início depois que os parlamentares oposicionistas solicitaram a transferência do debate do Auditório João Eudes para o plenário José Mariz, o principal da Casa.

Sem sucesso, os deputados de oposição saíram do auditório e foram arbitrariamente para o plenário, enquanto a situação permaneceu no local com o secretário de Saúde Waldson Sousa.

Para Hervázio Bezerra, a mudança do local não passou de uma manobra da oposição para dar mais visibilidade à discussão e a eles, já que o havia vários integrantes dos movimentos sociais e profissionais da imprensa estavam no Parlamento para acompanhar os trabalhos.

Bezerra explicou que o auditório José Mariz é reservado para as discussões políticas e o João Eudes para as técnicas.

"Com essa troca o presidente da CCJ deputado Janduhy Carneiro rasgou e desmoralizou o Regimento Interno da Casa”, disparou Hervázio Bezerra.

O deputado Adriano Galdino (PSB) aproveitou a situação para alfinetar seu desafeto, deputado Janduhy Carneiro, pela forma como ele está conduzindo a Comissão de Constituição e Justiça.

“Estão querendo transformar a CCJ, que é uma comissão técnica, em uma comissão política”,

O deputado Raniery Paulino (PMDB), autor da solicitação da Audiência Pública, rebateu as acusações de Hervázio Bezerra e explicou que a troca de local foi solicitada porque o auditório João Eudes não oferecia condições para a realização do debate, “pois o aparelho de data show não estaria funcionando”, destacou o deputado.

Raniery Paulino disse também que que quando convocado o secretário deve participar da discussão em qualquer lugar. “Se ele tiver responsabilidade deve comparecer a qualquer lugar para dar os devidos esclarecimentos sobre o assunto”, frisou o deputado.

Por outro lado, o secretário de Saúde Waldson Sousa, criticou a convocação e disse que não ira entrar na questão da legalidade do contrato da Cruz Vermelha, mas que iria apenas discutir o mérito da matéria.

A audiência está acontecendo no Auditório José Mariz sem a presença do secretário de saúde e sem a participação dos deputados governistas. Participam do debate o presidente do Sindicato dos Médicos Tarcísio Campos, o presidente do Conselho Regional de Medicina João Medeiro e o Procurador do Trabalho Eduardo Varandas.

Da Redação com MaisPB

Cássio garante candidatura de Cícero e diz que não tem problemas pessoais com JM

Porém, ele disse que as conversas sobre o pleito do próximo ano, devem ficar para 2012 O ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) falou pela primeira vez de forma mais enfática sobre a candidatura do senador Cícero Lucena, presidente do seu partido, a prefeito de João Pessoa, no próximo ano. Depois de declarar apoio ao atual prefeito Luciano Agra (PSB) e evitar discutir o assunto, hoje Cássio foi taxativo. “Cícero terá a legenda do PSDB para disputar a eleição do próximo ano. É bom deixar isso claro para que depois não comecem a ver chifre em cabeça de elefante”.
Porém, ele disse que as conversas sobre o pleito do próximo ano, devem ficar para 2012. “As conversas sobre composições devem ser feitas apenas em 2012 e essa conversa será feita internamente”, destacou.
Sobre a possibilidade de uma composição com o PMDB, do ex-governador José Maranhão (PMDB), Cássio disse que não se vê no mesmo palanque que o peemedebista, mas não descartou a possibilidade e disse que não tem nada pessoalmente contra o “desafeto”.
“Minhas divergências com o Maranhão são política e administrativa, e a Paraíba sabe disse e já decidiu isso em duas eleições, não tenho nada pessoalmente contra ele e nem pretendo ter”, destacou.

Da Redação com WSCom

Homem é assassinado a tiros em Mandacaru

vítima de homicídio em Mandaca




Um homem identificado apenas como Edu foi assassinado a tiros na madrugada desta terça-feira (27) no Bairro de Mandacaru, em João Pessoa.
De acordo com a delegada plantonista da Delegacia de Homicídio, Maria das Dores, a vítima morava com um idoso, identificado como Lourival, de 62 anos.
O idoso contou que deu guarida ao rapaz há um mês por solidariedade, mas disse não saber que Edu tivesse inimigos.
Os assassinos ivadiram a residência por volta das 2h e dispararam vários tiros contra a vítima que morreu na hora.
Os bandidos após o crime ainda teriam se dirigido ao idoso e dito 'cala a boca, vovô'.

Da Redação com Portal Correio

Rádio CBN aborda escândalo das ambulâncias paradas em quadro “A Charge do Jornal”

Rádio CBN aborda escândalo das ambulâncias paradas em quadro “A Charge do Jornal”; Veja Vídeo



O blog do Vitor Paiva divulga uma charge criada pela Rádio CBN pro quadro “A Charge do Jornal”, que aborda o escândalo das ambulâncias paradas por todo o país. A charge coloca uma fala da secretária de Saúde de João Pessoa, Roseana Meira, dando uma explicação sobre o assunto.

Ouça a Charge do Jornal no site da CBN

"Enquanto isso na Secretaria de Saúde daquela Prefeitura...
-Alguém aí pediu uma ambulância?
-Não, eu não! Não tem ninguém doente.
-É do Ministério da Saúde, do SAMU. A viatura é uma Ferrari, tem até UTI.
-Pare aí, pode deixar aí no pátio. Atrás do muro ali. Por enquanto vai ficar aí parada. Agente não tem nem telefone, quanto mais equipe."

Da Redação com Click PB

segunda-feira

Câmara Criminal nega Habeas Corpus a acusado de homicídio triplamente qualificado na cidade de Guarabira


A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba negou, na última em sessão ordinária, por unanimidade, em harmonia com o parecer ministerial, a concessão de Habeas Corpus em favor de Nadilson Costa de Araújo, mais conhecido como “Cachorrão”, acusado de homicídio triplamente qualificado. O relator do processo de nº 018.2004.000149-9/002 é o desembargador Arnóbio Alves Teodósio.Consta nos autos que o réu é acusado de ser um dos envolvidos no assassinato das vítimas José Clementino da Silva e Luiz Gonzaga Dias Rodrigues, ocorrido no dia 3 de julho de 2003, na cidade de  Guarabira. Nadilson se evadiu do distrito da culpa durante quatro anos e foi recapturado no Rio de Janeiro, quando esperava sua esposa no aeroporto da Capital fluminense.
Para o relator, a manutenção da prisão é necessária para garantia da ordem pública e necessidade de se preservar a credibilidade do estado e da Justiça, em face da intranquilidade que o referido crime (duplo homicídio) gerou na comunidade local.
Além disso, o magistrado apontou o risco de nova fuga, caso o réu viesse a responder ao processo em liberdade, e destacou que há fortes indícios de sua autoria no delito, sendo devida a segregação cautelar para assegurar o andamento do instrução criminal e a aplicação da lei penal.

Da Redação com TJ-PB

Pauta da 2ª Câmara do TCE tem 105 processos

 
A 2ª Câmara Deliberativa do Tribunal de Contas da Paraíba vai se reunir nesta terça-feira (27), a partir das 14 horas, para o exame de 105 processos, 77 deles atinentes a pedidos de aposentadorias e pensões para funcionários públicos, ou seus dependentes.
Compõem a pauta de julgamentos pregões presenciais, tomadas de preços, convênios, dispensa de licitações e convênios oriundos, caso a caso, das Prefeituras de Belém, Boa Vista, Ibiara, Queimadas, Riacho dos Cavalos e São Mamede. Também, do Tribunal de Justiça e das Secretarias Estaduais da Administração, Planejamento e Gestão, Saúde e Infra-Estrutura.
A 2ª Câmara do TCE ainda analisará contas anuais  dos Institutos de Previdência e Assistência de Riachão (2007) e Santa Cruz (2008) e do Fundo Municipal de Saúde de Alagoa Grande, exercício, também, de 2008. Presidida pelo conselheiro Arnóbio Viana, este órgão fracionário do TCE reúne-se, semanalmente, às terças-feiras.

Da Redação com TC-PB

Cursos na área de gestão pública são oferecidos aos servidores da PMJP


A Secretaria de Administração (Sead) divulgou a nova lista de cursos oferecidos aos servidores da Prefeitura Municipal de João Pessoa em uma parceria entre o Centro de Treinamento Miguel Arraes (Cetre) e a Escola de Administração Fazendária (Esaf). Os cursos são na área de gestão pública e serão realizados no período de outubro deste ano a junho de 2012.
Os cursos oferecidos são: Análise das Demonstrações Financeiras; Auditoria Contábil; Auditoria Fiscal; Auditoria Fiscal Contra Fraudes no Imposto Sobre Serviço; Contabilidade Geral; Direito Empresarial; Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza; Legislação Tributária Municipal; Processo Tributário; e Técnicas e Métodos de Auditoria Fiscal.
As aulas ocorrem na Receita Federal, com instrutores vindos de diversos estados brasileiros. A diretora do Cetre, Alice Soares, afirma que os servidores precisam enviar suas inscrições para o Cetre com o máximo de brevidade possível. “Como a procura por estes cursos é grande, os servidores devem fazer sua inscrição o mais rápido possível para não correr o risco de não existir mais vagas”, afirmou.
Segundo Alice, também é importante que as pessoas conheçam o conteúdo programático de cada um dos cursos para verificar se realmente o conteúdo satisfaz as expectativas. A ementa dos cursos traz o objetivo, público-alvo, carga horária, vagas e conteúdo programático e está disponível na página do Cetre no portal da PMJP, no link http://www.joaopessoa.pb.gov.br/secretarias/sead/cetre/cursos.
A ficha de inscrição está disponível na página da Secretaria de administração no portal da PMJP. Os servidores interessados devem preenchê-la e entregar, junto com cópia do RG e assinatura do chefe imediato, no Cetre, localizado na Avenida Piauí, no bairro dos Estados. Mais informações nos telefones 3214-7960 ou 7925.
Parceria – A Sead firmou parceria com a Esaf no último mês de agosto. A ESAF é uma instituição de grande credibilidade por ser órgão integrante da estrutura do Ministério da Fazenda. A instituição recruta e seleciona, em todo o território nacional, servidores para o desempenho de funções na gestão das finanças públicas. Além disso, é considerada como o maior complexo educacional da Administração Pública Brasileira.
Da Redação com Cecom-JP

Ricardo avalia missão de Cuba e convênios com Ministério da Integração

 
Negócios firmados, intercâmbios nas relações institucionais e perspectivas de novos avanços na economia da Paraíba. Esse foi o resultado da missão comercial a Cuba, chefiada pelo governador Ricardo Coutinho. O balanço da viagem foi um dos destaques do programa Fala Governador desta segunda, 26, transmitido ao vivo pela rede Tabajara Sat.
Durante o programa, o governador anunciou uma perspectiva de negócios no valor de mais de U$S 5 milhões para as empresas que participaram da missão e tiveram a oportunidade de construir novos mercados para os produtos paraibanos. “Esta missão foi o primeiro passo e, ao mesmo tempo, representou avanços concretos para fortalecer a nossa economia e aproximar as relações institucionais, como intercâmbios, principalmente nas áreas de saúde e educação”, enfatizou.
Quanto aos resultados institucionais, Ricardo Coutinho destacou as conversas para tentar viabilizar a produção de um medicamento que evita de 70 a 80% a possibilidade de amputações de pés em pessoas que sofrem com diabetes. “Este medicamento é produzido em Cuba, apresenta excelentes resultados. Queremos trabalhar para que o Brasil também possa produzi-lo e oferecê-lo”, comentou.
Outro avanço foi a visita aos programas de alfabetização de Cuba, que são reconhecidos mundialmente. “A Universidade Estadual da Paraíba é destaque na formação de professores e aprovou uma resolução para que todos os alunos dos cursos de licenciatura devam alfabetizar pessoas antes da conclusão do curso. Queremos um intercâmbio que fortaleça o combate ao analfabetismo na Paraíba. Experiências ricas precisam ser seguidas e viabilizadas. Com esta resolução da UEPB, teremos um exército na luta contra o analfabetismo”, disse o governador.
A missão em Cuba também teve como foco a visita à Escola Latino-americana de Medicina, referência em formação de profissionais médicos voltados para a saúde pública. O governador revelou os esforços para validar o diploma de brasileiros formados em Cuba, para que eles possam atuar no Brasil, proposta que também é defendida pela presidente Dilma Roussef e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
Agradecimento – Durante o Fala, Governador, Ricardo Coutinho fez um agradecimento especial ao vice-governador Rômulo Gouveia, pela maneira como conduziu o Governo da Paraíba, fiscalizou obras e deu encaminhamento à agenda do Estado, enquanto esteve como governador em exercício. “A contribuição de Rômulo nesse período foi essencial para o andamento das prioridades do governo”, lembrou.
Segurança hídrica – Com a participação do ministro Fernando Bezerra durante o programa Fala Governador, Ricardo Coutinho anunciou a assinatura do maior convênio da história do Ministério da Integração, orçado em R$ 933 milhões e que vai viabilizar a integração de bacias hidrográficas da Paraíba e garantir segurança no abastecimento de água.
“Serão 112 quilômetros de extensão e que vai permitir à Paraíba ampliar suas fronteiras de agricultura irrigável. Não há outra saída para alavancar a produção agrícola do nosso Estado. Ainda queremos, em parceria com o Ministério da Integração, concluir as Várzeas de Sousa e criar intervenções em toda a área que corta o sistema de integração de bacias”, comentou o governador. “Quero agradecer ao ministro Fernando Bezerra pela sensibilidade em manter as obras abertas para melhorar a vida dos paraibanos”, completou.
O ministro Fernando Bezerra reforçou que a obra está dentro do PAC 2 e que o Governo Federal está engajado em repassar recursos para viabilizar o acesso à água limpa e tratada.
As bacias hidrográficas que serão integradas são: Bacia do Rio Paraíba, Bacia do Rio Gurinhém (afluente do Rio Paraíba), Bacia do Rio Miriri,  Bacia do Rio São Salvador, Bacia do Rio Mamanguape, Bacia do Rio Araçagi e Bacia do Rio Camaratuba.
Nova Camará – No município de Esperança, o governador Ricardo Coutinho e o ministro Fernando Bezerra também assinam convênio para a construção da Nova Camará, orçada em R$ 39 milhões. Além da nova barragem, o convênio também vai garantir repasses para a construção do novo sistema adutor e a barragem de Pitombeiras. Todos os investimentos somam R$ 75 milhões.
O ministro Fernando Bezerra destacou o empenho do Governo do Estado em solucionar os entraves burocráticos da Nova Camará e disse que as obras serão viabilizadas com recursos da Defesa Civil Nacional e que a previsão de conclusão é para o final do próximo ano.

Da Redação com  Secom-PB

sexta-feira

Deputado diz não temer ameaças de Manoel Jr e defende cadeira

Na tribuna da Câmara, petista avisou que continuará lutando contra ação dos pistoleiros


Na tribuna da Câmara Federal, o deputado Luiz Couto (PT) avisou ontem (22) que continuará lutando contras os grupos de extermínio e de exploração sexual na Paraíba.

"Mesmo que as pessoas envolvidas façam ameaças de processá-lo", disse Couto, numa referência ao deputado federal Manoel Júnior, que anunciou processo no Supremo Tribunal Federal contra o petista, por citá-lo na CPI dos Grupos de Extermínio.

Luiz Couto defendeu punição para todos os envolvidos com crimes contra os direitos humanos, independente dos cargos e funções públicas que ocupam.

O pronunciamento do petista paraibano foi destaque no programa A Voz do Brasil, da Rádio Nacional, retransmitido para todas as emissoras do país.


MaisPB

Inteligência e Choque estouram boca de fumo e prendem grávida com maconha e crack


Grávida crack
Uma operação da Polícia Militar prendeu no início da manhã desta sexta-feira (23), duas pessoas acusadas de tráfico de drogas e homicídio na comunidade Padre Hildo Bandeira, no bairro da Torre em João Pessoa.
Lucicleide da Silva Lucas (grávida de 4 meses) e Pedro da Silva Leôncio foram detidos portando um revólver calibre 38, várias munições e maconha (quantidade ainda não revelada), além de R$ 145 em dinheiro trocado.
Choque
Integrantes do Choque (Foto: Pollyana Sorrentino)



















Policiais do Serviço de Inteligência do Comando Geral e integrantes do Pelotão de Choque do 1º BPM cumpriram os mandados de prisão expedidos contra os acusados.
A dupla foi encaminhada á Central de Polícia no bairro do Varadouro e posteriormente, deve ser recolhida aos presídios da Capital.

Da Redação com Correio 

‘Caminho Livre Arborizado’ começa esta 6ª na Epitácio Pessoa


A Secretaria do Meio Ambiente (Semam) planta nessa sexta-feira (23), dia em que começa oficialmente a Primavera, a primeira árvore de várias que serão colocadas ao longo da avenida Epitácio Pessoa, dentro do projeto Caminho Livre Arborizado. O plantio simbólico será feito às 9 horas, no início da avenida (sentido centro-praia), bem em frente à Nova Imagem (prédio onde funcionava a antiga Cultura Inglesa).
De acordo com a secretária da Semam, Lígia Tavares, a campanha está alinhada às propostas do programa Caminho Livre, da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), e tem como objetivo dar mais qualidade ambiental à cidade. Ela explicou que na execução das obras de mobilidade urbana será inevitável a retirada de algumas árvores. No projeto da Semam, a cada árvore retirada três novas mudas serão plantadas.
“A presença da vegetação dentro dos centros urbanos vem adquirindo extrema importância”, disse Lígia. A partir do desenvolvimento das cidades, elementos como árvores, plantas e animais são cada vez mais extinguidos da paisagem.
Serão plantadas espécies da Mata Atlântica e iniciado um trabalho de sensibilização com todos os comerciantes que ocupam a avenida, no sentido de que eles aceitem o plantio e colaborem com o projeto cuidando das novas árvores próximas aos seus estabelecimentos. A Epitácio Pessoa é a primeira etapa do projeto a ser cumprida.

Benefícios – Entre a lista de benefícios da arborização da cidade estão: melhoria do micro clima do ambiente por meio da retenção de umidade do solo e do ar e pela geração de sombra, evitando que os raios solares incidam diretamente sobre as pessoas; amortecimento de ruídos, ação sobre o bem estar físico e psíquico do cidadão e a suavização do aspecto visual em contraste com o concreto das cidades.
Projeto - O Caminho Livre prevê alterações nas principais vias da cidade, a exemplo das avenidas Epitácio Pessoa, Rui Carneiro e José Américo de Almeida, a Beira Rio. Todas possuem canteiros centrais e calçadas arborizadas, idealizadas para formarem um arco verde que interligará o Centro à Praia.
Ao implantar o ‘Caminho Livre Arborizado’ a administração municipal reforça a importância do meio ambiente nos projetos de estruturação da cidade, que visam o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida dos cidadãos.

Da Redação com Secom-JP

Governo do Estado inicia a instalação do Comitê de Combate à Tortura


Nos próximos 15 dias, os 14 órgãos e entidades que compõem a estrutura do Comitê Estadual para a Prevenção e Combate à Tortura vão apresentar seus representantes no colegiado. A lei 9.413, que criou o Comitê, foi sancionada em 12 de julho deste ano pelo governador Ricardo Coutinho, com finalidade de erradicar e prevenir a tortura e outros tratamentos ou penas cruéis, desumanas e degradantes na Paraíba.
A primeira reunião de instalação do comitê foi realizada na quarta-feira (21), quando dirigentes dos órgãos colegiados expuseram a funcionalidade do comitê, que deverá estar instalado dentro de três semanas.
“É extremamente importante que todos os órgãos convidados estejam presentes na próxima reunião, sobretudo no que tange à operacionalização do comitê. Trata-se de uma oportunidade para levantar sugestões concretas”, disse o secretário de Estado da Administração Penitenciária, Harrison Targino. Ele avalia que o Comitê Anti Tortura é uma forma de efetiva de humanização do sistema prisional, porque vai fiscalizar e prevenir maus tratos dentro do sistema.
Para Luciano Mariz, procurador do Ministério Público Federal e membro do Conselho Nacional Anti Tortura, a reunião de instalação do conselho constitui um marco no combate à tortura no Estado. Para o procurador, o maior desafio será levantar um conjunto de informações para criar uma política pública com base em dados confiáveis. Luciano Mariz explicou os objetivos de um Comitê Anti Tortura fez um panorama global do combate à tortura.
Segundo ele, o Comitê deve identificar causas e adotar medidas contra tortura e, principalmente, auxiliar na prevenção sensibilizando a opinião pública. Na sua opinião, também será importante a capacitação dos membros que farão parte do comitê assim como os profissionais que fazem parte do sistema prisional.
Missão – O Comitê para a Prevenção e Combate à Tortura na Paraíba vai coordenar e fiscalizar as ações e projetos de enfrentamento à tortura no Estado. Para isso, deve articular, em regime de colaboração, as esferas de governo e a sociedade civil para garantir o respeito integral aos direitos humanos.

O colegiado terá 14 membros, representando os seguintes órgãos: Secretaria de Estado da Administração Penitenciária, Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social, Secretaria de Desenvolvimento Humano, Defensoria Pública Geral do Estado, Conselho Estadual de Defesa dos Direitos do Homem e do Cidadão, Ordem dos Advogados do Brasil (seccional Paraíba), Conselho Regional de Psicologia da Paraíba, Ministério Público da Paraíba, Ministério Público Federal, Pastoral Carcerária, dois professores com atuação na área de direitos humanos vinculados a instituição de ensino superior e designados pelo Secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, e dois representantes de entidades representativas da sociedade civil com reconhecida atuação no combate à tortura na Paraíba.

Repercussão – O procurador Luciano Mariz elogiou a implantação de um órgão de combate à tortura na Paraíba: “O governador Ricardo Coutinho e o secretário de Administração Penitenciária, Harrison Targino, são fiéis à trajetória de luta a favor da humanidade. A instalação desse Comitê materializa um mecanismo de extrema importância para a luta contra a tortura no Estado. É uma ajuda concreta e um olhar para o sistema prisional”.
Vanildo Oliveira, defensor Público Geral do Estado, disse que o comitê irá oferecer condições para um monitoramento efetivo, sendo mais mecanismo estadual para oferecer segurança à sociedade.

O presidente da OAB-PB, Odon Bezerra, se colocou à disposição para o desenvolvimento das atividades e disse que a Ordem auxiliará o Comitê através de sua Comissão de Direitos Humanos.
O secretário Harrison Targino destacou que a instalação do Comitê mostra o desenvolvimento da política de ressocialização no estado: “A Paraíba avança no trabalho de humanização do seu sistema prisional. A Secretaria vem desenvolvendo um planejamento estratégico no sentido de melhorar as condições de cumprimento de pena e construir uma nova cultura entre os profissionais do sistema”.
Na primeira reunião de instalação, estiveram presentes o secretário Harrison Targino (Seap), Vanildo Oliveira Brito (Defensoria Pública Estadual), Odon Bezerra (OAB-PB), Guiany Coutinho (Conselho Estadual de Direitos Humanos), Paulo Vieira de Moura (Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da UFPB), Elluênia Lucena (Conselho Regional de Psicologia), Desirée Cristina Rodrigues (Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social), Luciana Leal Araújo (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano), Arnaldo Sobrinho de Morais Neto (Polícia Militar da Paraíba), Maria do Socorro Costa (Conselho Regional de Psicologia), Luciano Mariz Maia (Comitê Nacional contra Tortura e Secretaria Nacional de Direitos Humanos), Ivanilda Gentle (Gerência de Ressocialização da SEAP) e o padre João Bosco Nascimento (Comissão Pastoral Carcerária).

Da Redação com Secom-PB

quinta-feira

TCE nega pedido do Estado e mantém decisão de licitação para Acadepol

 
O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Umberto Porto, informou durante sessão realizada na tarde desta quarta-feira (21) que negou o pedido de reconsideração formulado pela Procuradoria Geral do Estado contra a decisão que suspendeu a permuta da Acadepol.
 
O parecer técnico do conselheiro foi publicado na edição de sexta-feira, 16, do Diário Eletrônico do TCE-PB. A decisão de Umberto Porto determinou, cautelarmente, a suspensão da permuta do terreno. O conselheiro alega que a lei possui indícios de irregularidades que podem causar danos ao erário estadual, e determina a abertura de procedimento licitatório, na modalidade concorrência.
 
No pedido, a Procuradoria requeria que, se a reconsideração fosse negada, o conselheiro Umberto Porto submetesse sua decisão ao Tribunal Pleno, na sessão que em seguida viesse, ou seja, a desta quarta-feira (21). O conselheiro fez ver que a reconsideração é instrumento impróprio ao caso. "Não cabe reconsideração, mas apelação, contra decisões singulares", explicou.
 
Ele disse que, em tais situações, a submissão ao Pleno é questão da exclusiva competência dos relatores e considerou que, ainda assim, o Regimento Interno do Tribunal não o submetia ao prazo requerido. Ele ainda requereu à Procuradoria Geral do Estado, a remessa do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado na última sexta-feira entre a empresa Futura e Governo do Estado, proposto pelo Ministério Público.
 
Ainda durante a sessão, todos os conselheiros apresentaram solidariedade a Umberto em relação a sua decisão.
 
Da redação com
Tempo da Noticia

Veneziano agradece indicação de Zé Maranhão para disputar Governo


O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) afirmou nesta quinta-feira (22) que se sentiu “muito honrado e envaidecido” por ter sido indicado como candidato a Governador da Paraíba pelo PMDB em 2014, pelo ex-governador José Maranhão. Segundo ele, foi uma demonstração de carinho da grande liderança que é José Maranhão.

Veneziano disse ter ficado feliz porque a declaração veio através da maior liderança peemedebista do Estado. “Muito me honra esta indicação, afinal de contas, ela vem da maior liderança peemedebista do Estado. Sei que ele não fala isso simplesmente para agradar. A responsabilidade de um dirigente partidário transcende a ligação de um amigo do peito”, disse.

Veneziano se mostrou prudente, afirmando que, antes de 2014, existem as eleições de 2012, quando o partido deverá trabalhar para eleger uma boa base nos municípios. “2014 ainda está distante. Tem 2012 antes. Mas não posso negar que essa declaração me deixou extremamente envaidecido”, disse.

Modelo de gestão – Veneziano afirmou que recebeu a declaração de José Maranhão entendendo que ela se deu, principalmente, pelo reconhecimento à sua gestão como prefeito de Campina Grande. “Não foi apenas pelos laços de amizade, mas pela confiança no modelo de gestão que implantamos em Campina Grande e que poderá ser implantado no restante do Estado”, disse.

O prefeito disse que José Maranhão sempre fez referências elogiosas ao trabalho desenvolvido na cidade e afirmou que este modelo de gestão pode, perfeitamente, ser adotado na Paraíba. Ele também disse ter ficado feliz com a maneira com a qual José Maranhão fez a indicação, tecendo elogios à sua administração. “Agradeço, imensamente, as palavras elogiosas, honrosas, acima de tudo”.

MaisPB

PRF e PC apreendem 15 quilos de “crack” na BR-230

Foto:PRF


João Pessoa, 21/09/2011 – A Polícia Rodoviária Federal em conjunto com a Polícia Civil, apenderam na madrugada desta quarta-feira (21), aproximadamente 15 kg da droga, conhecida como “crack” que foi encontrada escondida no porta malas de um automóvel.

A apreensão aconteceu no Posto da PRF de Santa Terezinha, no km 143 da BR-230, município de Campina Grande, onde às 03h40 foi parado um GM Celta de cor preta com dois ocupantes e droga foi encontra no porta malas, escondida debaixo de sacos de carvão.

Os dois ocupantes, Tiago dos Santos Silva, 27 anos e Cláudio Antônio Baulduino, 35 anos, juntamente com a droga apreendida, foram encaminhados para Delegacia de Polícia da localidade.

José Genésio Pereira Vieira
Chefe do Núcleo de Comunicação Social – PRF/PB
Contato: (83) 8852 2977 -  3533 4747

Tiroteio deixa 3 feridos em JP; duas são mulheres

Três pessoas ficaram feridas, dentre elas duas mulheres, após uma troca de tiros entre bandidos na comunidade conhecida como Saturnino de Brito, no bairro do Varadouro em João Pessoa.
De acordo com o repórter Emerson Machado da Tv Correio, mais de cinco homens cercaram o jovem Antônio Júlio Soares de Medeiros de 19 anos e tentaram matá-lo com vários disparos de arma de fogo.
Ferido 1
Antônio Júlio (Foto: @emersonmofi)



















Durante a ação, a vítima que também estava armada, reagiu e atirou contra os assassinos.
Na troca de tiros, Antônio foi atingido no pé e duas mulheres que passavam pela localidade também ficaram feridas.
Terezinha Amália
Rita Pereira (Foto: @emersonmofi)



















Terezinha Amália de Sousa de 58 anos foi baleada na perna, já a idosa Rita Pereira dos Santos de 78 anos foi empurrada e teve escoriações nas pernas e braços.
Rita Pereira
Terezinha Amália(Foto: @emersonmofi)



















 Todos os feridos foram socorridos para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena na Capital, onde passam por exames.
O estado de saúde de Antônio é regular, mas o das duas mulheres é grave, tendo em vista que Rita teve cortes profundos e tem diabetes. Já a bala que atingiu Terezinha pode ter transpassado a artéria femural.

Da Redação com Correio

Juíza concede liminar e suspende terceirização da saúde na Capital

A juíza Maria de Fátima Lúcia Ramalho, da 5ª Vara da Fazenda Pública de João Pessoa, concedeu liminar e suspendeu os efeitos do projeto de lei que prevê a gestão pactuada dos serviços essenciais entre a Prefeitura Municipal e entidades sociais – ação que ficou conhecida como “terceirização da saúde” e provocou protestos violentos semana passada na Câmara de Vereadores.

A liminar atendeu demanda jurídica interposta por parlamentares da oposição, contrários ao projeto encaminhado pelo prefeito Luciano Agra.

"Defiro o pedido de antecipação da tutela pleiteada (CPC, art. 273, I) para suspender a remessa do Projeto de Lei nº 1064/2011 para sanção do Senhor Prefeito Municipal, até o julgamento do mérito da presente ação, estabelecendo, desde já multa diária de R$ 3.000,00 (três mil reais) para a hipótese de descumprimento", sentencia a juíza em seu despacho.

"Os vereadores e a sociedade sofrerão danos irreparáveis. Eles têm o direito ao acompanhamento de todo o Processo Legislativo", ponderou a magistrada.

A Procuradoria do Município ainda não se manifestou a respeito da decisão, que cabe recurso.

Da Redação com A Fonte

quarta-feira

Semana Nacional do Trânsito é tema de atividades nas escolas de João Pessoa

A Semana Nacional do Trânsito, comemorada até o próximo domingo (25), é tema de várias atividades educativas realizadas com os alunos da Rede Municipal de Ensino. São palestras, paródias, cordel, dança, dramatização, rap, cartazes e maquetes de trânsito que integram as ações desenvolvidas nas escolas.
Os trabalhos produzidos poderão ser vistos durante o evento ‘Na cidade sem meu carro’, promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) nesta quinta-feira (22), das 7h às 17h, no Ponto de Cem Réis. Acompanhados por professores e orientadores, cerca de 500 alunos de 46 escolas participarão das atividades. A ação tem o objetivo de chamar a atenção dos motoristas para a poluição e o engarrafamento nas grandes cidades.
“As ações dos estudantes como sujeitos ativos desse processo, expostos a sociedade em espaços públicos, evidenciam que a educação para o trânsito vai muito além da aprendizagem de normas e leis. Nessa mobilização, os alunos podem expor o que aprenderam durante todo o ano”, afirmou a coordenadora da Educação para o Trânsito da Sedec, Hedênia Teotônio.
Atividades - A Escola Municipal Olívio Ribeiro Campos, localizada no bairro
Bancários, resolveu apostar no método de nomear os espaços da unidade com placas de trânsito. “A idéia é que as crianças compreendam as leis de trânsito dentro do ambiente escolar. Aprendendo isso, elas irão levar a temática para a vida e para a sociedade”, esclarece a diretora adjunta, Janaina Lima.
Já os estudantes da Escola Monteiro Lobato, no Costa e Silva, estão confeccionando estandartes com ilustrações de meios de transporte para usar em uma caminhada pelo bairro, em prol da paz no trânsito. Além disso, uma equipe da Sttrans vai até o local ministrar palestra sobre a temática. “Conscientizar os estudantes com relação à mudança de hábitos e atitudes para a cultura da paz no trânsito, é essa a tarefa dos educadores, que já trabalham durante o ano letivo com a temática educação para o transito”, disse a Secretária de Educação e Cultura, Ariane Sá.


Educação para o Trânsito - O programa desenvolvido pela PMJP, por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), vem sendo desenvolvido em toda a rede desde 2006. Ao longo desses anos, o projeto tem se consolidado nas escolas através de inserção no currículo como tema transversal dentro dos seus eixos temáticos: Ir e Vir – direito de todos; Locomoção; O jeito de ser dos lugares; As cidades; e Transitar é conviver.
Da Redação com Secom-JP

Psicólogo Eduardo Paredes pode ser indiciado a qualquer momento por acidente em Mangabeira

Eduardo Paredes
                                                Eduardo Paredes em depoimento (31/08)
O delegado Nélio Carneiro informou na tarde desta quarta-feira (21) que o psicólogo Eduardo Henrique Paredes do Amaral, 32 anos, pode ser indiciado a qualquer momento. A informação foi transmitida pela repórter Pollyana Sorrentino, no programa radiofônico Correio Debate (98 FM).
 
Delegado Nélio Carneiro
                                                             Delegado Nélio Carneiro

"Estou apenas finalizando alguns elementos que ainda faltam para esclarecer o caso. Devo pedir o indiciamento de Eduardo Paredes a qualquer momento." disse o delegado.

A acareação das três jovens que estavam com o psicólogo no dia do acidente na manhã desta quarta-feira na 9ª Delegacia Distrital, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.
O acidente aconteceu no dia 21 de junho de 2010 e vitimou Maria José dos Santos, 50 anos, e feriu o policial militar reformado Aluísio Marcos da Silva, de 49 anos.

Em depoimento, as três jovens, identificadas como Fátima, Fabiana e Sheila, contaram a mesma versão. Elas afirmaram que estavam bebendo com Eduardo Paredes desde às 18h e ficaram juntos até por volta da 01h da madrugada e ele estava dirigindo sob efeito de álcool, acima de 120 km/h e, inclusive, quase capotava o veículo.
O psicólogo estava com o primo, de pré-nome Enilton, e teria pego as meninas no bairro de Mangabeira, onde moram. De lá, teriam ido ao Empório Bar, na praia de Tambaú. Por volta das 21h30, teriam ido ao Bikinis Bar, na praia do Cabo Branco e teriam saído de lá por volta da 01h da madrugada.
O delegado Nélio Carneiro também informou que Paredes teria levado apenas 13 minutos no caminho de volta da praia do Cabo Branco à Mangabeira. As três jovens teriam sido deixadas em casa apenas pelo psicólogo. O primo dele teria ficado no bar esperando por ele.
Versão do psicólogo

Eduardo Paredes e advogado
                                                      Eduardo Paredes e Abraão Beltrão

No novo depoimento à polícia, o psicólogo Eduardo Paredes, junto com o advogado Abraão Beltrão, reafirmou o que havia dito no dia 31 de agosto de 2011.
Segundo Abraão, Eduardo teria ido a uma festa com o primo e só bebido refrigerante. Como o primo teria ingerido bebida alcóolica, ele se ofereceu para levar o carro.
Ainda segundo o advogado, Paredes teria dado carona a duas mulheres que moravam no bairro de Mangabeira, na Capital. Ele as deixou em casa por volta das 21h30 e, na volta, o carro teria dado uma pane elétrica no bairro dos Bancários. Como a bateria do celular dele havia descarregado, ele estacionou o carro e foi para um orelhão tentar falar com o primo.
Quando voltou ao local que estava o carro, notou que ele havia sido roubado. Segundo Abraão, Eduardo conseguiu ligar novamente para o primo e pedir ajuda. Ele ainda teria acionado a seguradora no mesmo momento do crime, por volta das 03h da manhã.
Eduardo Paredes só prestou queixa à polícia cerca de 12 horas depois, por volta das 15h do dia 22 de junho.
Acidente com Fátima Lopes

Fátima Lopes da Def. Pública

                                                                   Fátima Lopes

O psicólogo Eduardo Henriques Paredes do Amaral, 32 anos, é acusado de provocar o acidente automobilístico ocorrido na manhã do dia 24 de janeiro de 2010, na Avenida Epitácio Pessoa, que resultou na morte da defensora pública Fátima Lopes e ferimentos em seu esposo engenheiro Carlos Martinho Vasconcelos.
A polícia investiga o envolvimento dele em mais este acidente.


Fátima Lopes

                       Acidente do dia 24 de janeiro de 2010

 Da Redação Correio

Rômulo confirma reunião sobre a PEC da Saúde em Brasília

 
Rômulo Gouveia durante o programa "Fala Governador". Foto: Secom-PB
O governador em exercício Rômulo Gouveia vai participar da reunião-almoço que o presidente da Câmara Federal, deputado Marco Maia (PT-RS), promove nesta quarta-feira (21), em Brasília, com o objetivo de buscar solução para os impasses em torno da Proposta de Emenda Constitucional n° 29. O secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza, também participará do encontro, segundo informou Rômulo durante a participação especial na edição desta segunda-feira (19) do programa “Fala Governador”, na Rádio Tabajara.
Em tramitação desde 2000, na forma do Projeto de Lei Complementar n° 306/2008, do Senado, a Emenda 29 regulamenta o percentual de repasse de verbas para a saúde por parte da União, dos estados e dos municípios. O objetivo da matéria, conforme salientou Rômulo Gouveia, é assegurar os recursos mínimos para o financiamento das ações e serviços públicos de saúde em todo o País.
Na reunião com o deputado Marco Maia, que será realizada na residência oficial da Presidência da Câmara, os governadores, seus secretários de Saúde e os líderes partidários de suas bases políticas deverão mostrar, de forma sistematizada, os efeitos que a PEC 29 provocará nos seus Estados. “O assunto é polêmico, e nós temos que discutir detalhadamente todos os pontos da matéria para que dela resultem alternativas viáveis para todos os níveis da administração pública”, ressaltou Rômulo.
Agenda cheia – Rômulo Gouveia assumiu interinamente o Governo da Paraíba na noite da última sexta-feira (16), em razão de viagem do governador Ricardo Coutinho em missão comercial à República de Cuba, onde pretende abrir um novo mercado para os produtos fabricados na Paraíba. Dentre as finalidades da missão paraibana está a formalização de parcerias comerciais importantes, com vistas à ampliação das exportações de produtos paraibanos para a ilha socialista, a partir do Porto de Cabedelo.
No Governo do Estado, Rômulo garantiu que dará continuidade aos trabalhos que vêm sendo desenvolvidos pelo governador Ricardo Coutinho e fez um breve resumo da agenda que cumprirá nesses próximos dias, começando pela reunião com o presidente do Tribunal Regional Federal da 15ª Região, desembargador federal Rogério Fialho Moreira, realizada na tarde desta segunda-feira (19), em Recife/PE, e pela participação na abertura do Cineport, na Usina Cultural da Energisa, em João Pessoa/PB, na noite deste mesmo dia.
Para esta terça-feira (20), a agenda inclui uma visita ao Instituto de Polícia Científica (IPC) e a participação, no período da noite, de uma palestra sobre “Empreendedorismo”, no Centro Universitário de João Pessoa (Unipê). Na quarta-feira (21), o compromisso é a reunião de governadores em Brasília. Já na quinta e sexta-feiras (22 e 23), ele deverá visitar algumas cidades do interior do Estado. Para o sábado (24) estão previstas visitas de inspeção a obras de recuperação que estão sendo executadas em algumas estradas do Sertão paraibano.
No caso das estradas em recuperação, Rômulo ressaltou o empenho do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) no sentido de garantir a normalização do acesso a todos os municípios prejudicados pelos efeitos das recentes chuvas que caíram no Estado e observou que os recursos do Tesouro Estadual estão proporcionando a realização do maior programa rodoviário realizado na história da Paraíba.  “No total, são 900 quilômetros de rodovias que estão sendo restauradas e pavimentadas”, enfatizou.
Ciência e Tecnologia – O governador em exercício também falou sobre a nomeação da secretária executiva de Estado de Ciência e Tecnologia, professora Francilene Garcia. Ele disse que a nova secretária vem reforçar a equipe do Governo Ricardo Coutinho, contribuindo com idéias e novas ações voltadas para o desenvolvimento tecnológico do Estado.
Francilene Garcia assume o cargo determinada a contribuir de forma efetiva para a reconstrução e reestruturação do sistema local de inovação do Estado, ajudando a reintegrar e articular os diferentes atores locais e seus parceiros, em especial os que atuam na geração e comercialização de produtos e serviços com valor agregado.
 Da Redação com Secom-PB

Psicólogo Eduardo Paredes pode ser indiciado a qualquer momento por acidente em Mangabeira

Eduardo Paredes em depoimento (31/08)

O delegado Nélio Carneiro informou na tarde desta quarta-feira (21) que o psicólogo Eduardo Henrique Paredes do Amaral, 32 anos, pode ser indiciado a qualquer momento. A informação foi transmitida pela repórter Pollyana Sorrentino, no programa radiofônico Correio Debate (98 FM).




Delegado Nélio Carneiro
Delegado Nélio Carneiro
"Estou apenas finalizando alguns elementos que ainda faltam para esclarecer o caso. Devo pedir o indiciamento de Eduardo Paredes a qualquer momento." disse o delegado.

A acareação das três jovens que estavam com o psicólogo no dia do acidente na manhã desta quarta-feira na 9ª Delegacia Distrital, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Leia Mais: Matou de novo? Saiba o que psicólogo Eduardo Paredes disse em depoimento à polícia sobre 2º acidente com morte
Chefe da Defensoria Pública morre em acidente na Epitácio Pessoa
O acidente aconteceu no dia 21 de junho de 2010 e vitimou Maria José dos Santos, 50 anos, e feriu o policial militar reformado Aluísio Marcos da Silva, de 49 anos.

Em depoimento, as três jovens, identificadas como Fátima, Fabiana e Sheila, contaram a mesma versão. Elas afirmaram que estavam bebendo com Eduardo Paredes desde às 18h e ficaram juntos até por volta da 01h da madrugada e ele estava dirigindo sob efeito de álcool, acima de 120 km/h e, inclusive, quase capotava o veículo.
O psicólogo estava com o primo, de pré-nome Enilton, e teria pego as meninas no bairro de Mangabeira, onde moram. De lá, teriam ido ao Empório Bar, na praia de Tambaú. Por volta das 21h30, teriam ido ao Bikinis Bar, na praia do Cabo Branco e teriam saído de lá por volta da 01h da madrugada.
O delegado Nélio Carneiro também informou que Paredes teria levado apenas 13 minutos no caminho de volta da praia do Cabo Branco à Mangabeira. As três jovens teriam sido deixadas em casa apenas pelo psicólogo. O primo dele teria ficado no bar esperando por ele.
Versão do psicólogo
Eduardo Paredes e advogado
Eduardo Paredes e Abraão Beltrão
No novo depoimento à polícia, o psicólogo Eduardo Paredes, junto com o advogado Abraão Beltrão, reafirmou o que havia dito no dia 31 de agosto de 2011.
Segundo Abraão, Eduardo teria ido a uma festa com o primo e só bebido refrigerante. Como o primo teria ingerido bebida alcóolica, ele se ofereceu para levar o carro.
Ainda segundo o advogado, Paredes teria dado carona a duas mulheres que moravam no bairro de Mangabeira, na Capital. Ele as deixou em casa por volta das 21h30 e, na volta, o carro teria dado uma pane elétrica no bairro dos Bancários. Como a bateria do celular dele havia descarregado, ele estacionou o carro e foi para um orelhão tentar falar com o primo.
Quando voltou ao local que estava o carro, notou que ele havia sido roubado. Segundo Abraão, Eduardo conseguiu ligar novamente para o primo e pedir ajuda. Ele ainda teria acionado a seguradora no mesmo momento do crime, por volta das 03h da manhã.
Eduardo Paredes só prestou queixa à polícia cerca de 12 horas depois, por volta das 15h do dia 22 de junho.
Acidente com Fátima Lopes
Fátima Lopes da Def. Pública
Fátima Lopes
O psicólogo Eduardo Henriques Paredes do Amaral, 32 anos, é acusado de provocar o acidente automobilístico ocorrido na manhã do dia 24 de janeiro de 2010, na Avenida Epitácio Pessoa, que resultou na morte da defensora pública Fátima Lopes e ferimentos em seu esposo engenheiro Carlos Martinho Vasconcelos.
A polícia investiga o envolvimento dele em mais este acidente.
Fátima Lopes
Acidente do dia 24 de janeiro de 2010










Da Redação

Após desembarque em BH, ônibus da comissão técnica bateu no veículo em que estavam os jogadores. Ninguém se feriu

Ônibus do Fla 'perde freio' e se envolve em acidente

A semana não está sendo nada mole para o Flamengo. A situação inusitada da vez com o time rubro-negro aconteceu nesta terça-feira, logo após o desembarque do time no Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte. O ônibus que levava a comissão técnica para o hotel se envolveu em um acidente de trânsito, em um sinal. Só que o outro veículo, era justamente o ônibus onde estavam os jogadores, que foi atingido na traseira. Apesar do incidente, ninguém se feriu.
Por conta da colisão, o vidro do ônibus de trás ficou estilhaçado, mas a película evitou que quebrasse completamente.
O trajeto que o Flamengo percorreu do aeroporto para o resto da cidade chama-se Linha Verde, uma via nova com pista dupla, sem curvas acentuadas. Não chovia na capital mineira.
Depois da batida, o grupo rubro-negro seguiu para um hotel na capital mineira, onde, segundo informou o clube, jantou com tranquilidade. A delegação ficará concentrada até momentos antes do duelo com o Atlético-MG, às 21h50 desta quarta-feira, na Arena do Jacaré, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Da Redação com WSCom

Tentativa de homicídio gera tumulto em presídio de João Pessoa

Um detento e um agente penitenciário ficaram feridos.

Tumulto aconteceu na manhã desta quarta-feira (21) no presídio do Roger.


Detento fica ferido em princípio de tumulto em presídio de João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1) 
 
Detento é socorrido após tumulto no presídio do
Roger (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Por volta das 8h30 desta quarta-feira (21), durante o dia da visita íntima no presídio do Roger, em João Pessoa, um detento tentou matar outro utilizando um  espeto artesanal. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Penitenciária, houve um princípio de tumulto que foi contido pelos agentes penitenciários da unidade prisional. Um detento e um agente ficaram feridos.
Ainda de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, o tumulto começou quando detentos do pavilhão 2 tentaram invadir o pavilhão 4. Os visitantes que estavam na frente da penitenciária disseram ter ouvido barulho de tiros, mas a assessoria informou que foram usadas apenas armas com balas de borracha.
Um detento do pavilhão 2 conseguiu ferir um outro do pavilhão 4. Segundo a assessoria, a vítima foi ferida na região da perna e encaminhada para o hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Um agente acabou ferido por uma bala de borracha, mas foi atendido na enfermaria do presídio. De acordo com a assessoria, o agente sofreu ferimentos leves.
As visitas na unidade prisional foram suspensas.

Da Redação com G1 PB

segunda-feira

Dilma diz que tem orgulho de ser primeira mulher a abrir assembleia da ONU

Ao comentar sua participação na 66ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), a presidenta Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira, dia 19, que vai falar sobre temas importantes como a transparência nas ações do governo, o combate a doenças crônicas no país e a crise econômica mundial.“Tenho muito orgulho de ser a primeira mulher, uma mulher brasileira, a abrir a Assembleia Geral da ONU”, ressaltou em seu programa semanal de rádio Café com a Presidenta. “O Brasil tem muito a mostrar em cada um desses temas”, completou.
Dilma comentou também o anúncio de ampliação da meta do governo de creches e pré-escolas a serem entregues em todo o país até 2014 – de 6 mil para 6,4 mil.
“Essas unidades escolares estão sendo chamadas de supercreches, porque elas reúnem a creche e a pré-escola em prédios muito bem construídos, capazes de oferecer uma educação de muita qualidade às nossas crianças”, explicou. A presidenta falou ainda sobre a construção de 6,6 mil quadras esportivas escolares e a cobertura de 5 mil unidades até 2014. Segundo Dilma, mais de 8 milhões de alunos do ensino fundamental e do ensino médio serão beneficiados pelas medidas.
“O esporte é um estímulo para que as crianças permaneçam na escola por mais tempo. É, muitas vezes, uma maneira de tirar a criança da rua, sobretudo, nas regiões mais carentes”, concluiu.

Da Redação com O Norte Online

Após tucano, agora é peemedebista que sinaliza rejeição a candidato da Paraíba na disputa do TCU

Após tucano, agora é peemedebista que sinaliza rejeição a candidato da Paraíba na disputa do TCU  


SEM ENTROSAMENTO: depois de tucano, agora é peemedebista que sinaliza rejeição a candidato da Paraíba na disputa por vaga no TCU

Parece que o apelo do deputado federal Hugo Mota (PMDB) para sensibilizar a bancada federal da Paraíba em prol do deputado federal Damião Feliciano (PDT) na disputa pela vaga de ministro do Tribunal de Contas da União não surtiu efeito. É que nesta segunda-feira (19), em entrevista a uma emissora de rádio, a deputada federal Nilda Gondim, também do PMDB, surpreendeu ao afirmar que já havia conversado com Damião, mas que o nome da deputada federal Ana Arraes (PSB), para assumir o posto é bem mais forte.

Apesar de não desconhecer os méritos do candidato da Paraíba, Nilda afirmou que a socialista é mais forte, além de ser um nome que apresenta mais condições de assumir o cargo.

“Acho que a candidata mais forte é Ana Arraes, mas ainda não defini meu voto, não estou fechada com ninguém”, disse.

Vale lembrar que Ana Arraes, assim como Nilda Gondim, tem familiares dominando a político de seu Estado. Ana é mãe do governador de Pernambuco Eduardo Campos, que por sua vez é presidente do PSB Nacional, mesma legenda do governador da Paraíba Ricardo Coutinho. Já Nilda Gondim é filha do ex-governador Pedro Gondim, mãe do senador Vital do Rêgo Filho e do prefeito Veneziano Vital, ambos do PMDB e viúva do ex-deputado federal Vital do Rêgo.

A deputada Nilda Gondim sorriu e disparou: “Não vou desconhecer os valores e os méritos de nenhum dos candidatos, mas acho que o nome mais forte é o de Ana Arraes mesmo”, ratificou.

A resposta de Nilda dá sinais da falta de entrosamento entre a bancada da Paraíba em prol da ascensão de um paraibano. O pensamento de Nilda acaba congregando com o mesmo entendimento do deputado Ruy Carneiro, que também não torce pela indicação do colega de bancada no Congresso para assumir a vaga no TCU.

Apesar da falta de sintonia, está prevista para amanhã, terça-feira (20), uma reunião com toda a bancada federal da Paraíba para tentar unificar discurso em torno do nome do paraibano. Essa seria a primeira vez que todos os deputados da Paraíba teriam uma oportunidade de deixar as cores partidárias de lado e votar apenas em prol de um paraibano.

Da Redação com PB Agora